Pesquisar este blog

quinta-feira, 28 de setembro de 2006

Cartazes falsos em Brasília:mão do PT?


A rua comercial da entrequadra 109/110 sul, uma das mais movimentadas de Brasília, amanheceu com um cartaz apócrifo que afronta a democracia e ridiculariza os cidadãos de bem. Afixada em uma placa de sinalização está a falsa propaganda eleitoral que propõe o bandido Marcola para presidente. O cartaz ainda sugere como vice de Marcola o senador pelo DF e candidato a vice-governador na chapa do PFL – que, segundo as pesquisas de opinião, deve vencer no primeiro turno – Paulo Octávio. A falsa chapa PCCFL, uma junção das siglas da facção criminosa e do Partido da Frente Liberal, tem número fictício começando por 171 - artigo do código penal relacionado a estelionato - e terminando por 45 - número do PSDB. Este episódio lembra outro, ocorrido há quase um ano, quando um sindicalista petista e um assessor da bancada do partido foram acusados de afixar nos locais mais movimentados da capital cartazes com foto do presidente nacional do PFL, Jorge Bornhausen, caracterizado como Hitler.

Um comentário:

jaymeguedes disse...

Se é podre, tem o DNA do PT. Sobre o meu jantar de domingo, também acho que vou de Robalo com Lula Frita. Nós que somos capazes de entender o que lemos não elegemos, apenas assistimos. A Adriana Vandoni referiu-se a uma pesquisa feita na USP segundo a qual quanto menos o cérebro é usado mais fisiológica é a pessoa. Seu horizonte se limita a comida, água, urina, fezes, sono e sexo.Se juntarmos isso à pesquisa do Ibope segundo a qual 76% dos brasileiros se consideram muito felizes e 22% se julgam mais ou menos felizes entenderemos a elevada intenção de voto no Lula. O que está aí basta para a grande maioria. A nós, que queremos muito mais, só resta consumir e gerar a tributação gigantesca que se perderá na corrupção e na incompetência.