Pesquisar este blog

quarta-feira, 8 de novembro de 2006

Maior empresa brasileira de biodiesel abre o capital na bovespa

Dono misterioso

A Brasil Ecodiesel, maior fabricante de biodiesel do país, chega à bolsa na segunda-feira envolta em mistério.

Uma seqüência de companhias em paraísos fiscais impede que se chegue ao nome do dono de 47,7% do seu capital.

No mercado financeiro, a crença é que o investidor misterioso seria o empresário e banqueiro gaúcho Daniel Birmann, dono do grupo Arbi, que foi inabilitado pela CVM para exercer cargos em companhias abertas.

Agradeça ao Lula

Birmann foi fundador da Brasil Ecodiesel e seu controlador até recentemente, mas a assessoria de imprensa do empresário nega que ele ainda esteja na sociedade.

Térmicas no Nordeste controladas pelo grupo Arbi mantêm contrato que lhes dá o direito de exigir fornecimento da Brasil Ecodiesel pelo prazo de 15 anos.

A empresa cresceu impulsionada pelo programa de biocombustíveis do governo Lula.

Um comentário:

Antonio Lyra disse...

Para que biodisel. Isto é coisa de um presidente apedeuta.
Este combustivel pvai dar muito emprego no campo, isto esta errado, é coisa de um apedeuta.
Emprego para os pobres, para que?