Pesquisar este blog

quinta-feira, 24 de abril de 2008

Lula vai arriar as calças de novo?

FREI BETTO ESTÁ NO PARAGUAI
declarando que todos os brasileiros são conscientes que a energia paga ao Paraguai é injusta e que o Presidente Lula vai conceder o aumento. O Frade quer fazer média com o Bispo, as nossas custas

Foto reprodução Rediobras


Detalhe da primeira página do jornal paraguaio ABC, criticando o tratado de Itaipu

O Jornal ABC, do Paraguai, diz que o brasileiro Carlos Alberto Libanio Christo, mais conhecido como Frei Betto, segundo o diário paraguaio um conhecido articulador brasileiro, ex-assessor (foto) especial e amigo pessoal do presidente brasileiro Luis Inácio “Lula” Da Silva, que no domingo estava em Assunção na qualidade de observador das eleições representando o Instituto de Desenvolvimento Social (IDES), “assegurou que o Brasil sabe que é injusto o preço pago pela energia que utiliza do Paraguai.’

Continua o Jornal que Frei Betto, não se sabe com que autoridade , acrescentou que no Brasil, todos são conscientes de que o Tratado de Itaipu foi firmado durante ditaduras militares em ambos os países e que é muito prejudicial ao Paraguai.

Ao ser consultado se acaso as negociações com o Paraguai não seriam traumáticas como as ocorridas com a Bolívia, nosso Frei Betto deu a sua versão para o caso:

Garantiu o Frei, que o trauma não foi com a Bolívia, foi um problema interno, do Brasil:

“Petrobras não queria subir o preço e Lula reconheceu que Morales (Evo) tinha razão. Claro, Lula se impôs como presidente e disse que a Petrobras tinha que aumentar o preço”, recordou.

Acrescentou que essa situação possivelmente se repetiria com o Paraguai no tema de Itaipu, porque há setores fortes no Brasil, especialmente os empresários de são Paulo, que não querem que suba o preço que o Brasil paga ao Paraguai, por que isso significaria aumento para eles.

“Porém Lula tem uma prestígio de 63% e autoridade para poder levar adiante as nogociações.” Garantiu.

Ao ser consultado que um eventual revisão do tratado deverá ser aprovado pelo congresso de ambos os países, frei Betto disse acreditar que os parlamentares brasileiros não serão obstáculos.

Frei Betto domingo passado se reuniu com o hoje presidente eleito Fernando Lugo, no centro de computação da Alianza Patriótica. Diz o jornal paraguaio por fim, que um jornalista brasileiro, confirmou que a presença de Betto nesse lugar não seria fortuita e que bem que podia vindo conversar com Lugo sobre as futuras relações com o Brasil.

Muita cara de pau do nosso Frei que apesar de rompido com Lula, não vacila em se por como amigo do presidente brasileiro, falando o que não deve, traindo suas origens em benefício de amizades eclesiásticas. Embora nem ele nem o Bispo, sejam mais da Igreja.



Há outras postagens nesse blog que mostram mais sobre acordos espúrios entre Brasil,Venezuela e Paraguai,veja aqui

e aqui

Um comentário:

posturaativa disse...

era só o que faltava! Frei Betto como porta voz do governo