Pesquisar este blog

segunda-feira, 23 de março de 2009

Valério tentará delação premiada

Em segredo, o ex-provedor de arcas eleitorais Marcos Valério negocia com o Ministério Público uma delação premiada no caso do mensalão.

Em troca de redução ou até de eliminação da pena, Valério estaria disposto a abrir o baú de malfeitorias para a Procuradoria da República.

A Procuradoria acredita que poderia reunir provas substanciais, ampliando, inclusive, o rol de acusados. Outra hipótese seria recuperar recursos no exterior desviados pelo publicitário.

Como o processo contra os 39 réus do mensalão tramita no Supremo Tribunal Federal (STF), cabe ao ministro Joaquim Barbosa, relator do caso, decidir sobre a delação premiada. A decisão de Barbosa ainda deverá ser votada pelos outros ministros do STF.

Valério é acusado de ser o operador de esquema de repasses de ao menos R$ 55 milhões a congressistas, entre 2003 e 2004.

2 comentários:

Clausewitz disse...

Caro amigo, tem um prêmio para você lá no Clausewitz. Caso tenha interesse em recebê-lo fique a vontade e passe lá que será um prazer receber sua visita... grande abraço

Laguardia disse...

Seria bom mesmo que Marcos Valério contasse tudo que sabe. Quem sabe se assim derrubaria de vez este governo corrupto.