Pesquisar este blog

segunda-feira, 11 de setembro de 2006

Alckmin fala da denúncia da Veja sobre as cartilhas

Alckmin diz que cartilhas revelam "promiscuidade" entre PT e governo
O candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin, disse neste sábado que a denúncia do TCU (Tribunal de Contas da União) sobre suposto superfaturamento na confecção de cartilhas e revistas com propagandas do governo Lula pela Secom (Secretária de Comunicação da Presidência da República), é "um crime" e revela "promiscuidade" entre o PT e o governo.

Segundo reportagem publicada pela revista "Veja" esta semana, o TCU está descontente com as explicações do PT sobre um gasto de R$ 11 milhões da Secretaria referente à impressão do material e especula que houve superfaturamento no ação.

"Isso mostra que a corrupção no governo Lula não se constitui de fatos isolados, mas é o poder a qualquer custo", disse Alckmin.

As quase dois milhões de cartilhas não retornaram à Secom, como está previsto na lei, mas foram encaminhadas diretamente a diretórios do PT.

A explicação do partido, segundo a revista, foi que o PT estaria fazendo um favor ao governo ao distribuir o material e poupando gastos da União.

Nenhum comentário: