Pesquisar este blog

segunda-feira, 25 de setembro de 2006

Arruaça à vista-Reinaldo Azevedo

Lula, vocês viram, convocou a sua tropa para ir à rua. De agora até 1º de outubro, todo cuidado é pouco. Gente que, enfiada no aparelho de Estado, mobiliza uma máfia para produzir falsos dossiês e que negocia com bandidos que estão em cana uma tramóia para golpear a democracia é capaz de tudo: de praticar atentados contra adversários; de atentar contra os próprios aliados para incriminar adversários (a velha “Tática Odorico Paraguaçu”), de investir na arruaça.

O petismo vai tentar algum evento sensacional se perceber que a vaca, em vez de ir em fatias para a churrasqueira de Lorenzetti, caminha inexoravelmente para a brejo. O PSDB perdeu as eleições em 2002 e fez a transição mais civilizada da história da República. É um partido democrático. O PT não é. Madame Marilena Chaui, em entrevista, disse ter achado um erro o partido ter aceitado aquela passagem. Ali, ela acredita, os petistas beberam veneno.

O evento sensacional, que significaria um golpe nas oposições, era o tal dossiê fajuto, casado com uma inacreditável entrevista dos Vedoin à ex-revista IstoÉ. A propósito, no Globo deste domingo, informa-se que, nas escutas da polícia, aparece um jornalista da finada publicação. Não é de estranhar: pelo menos um dos petistas da tramóia, o tal Expedito Veloso, acompanhou o colóquio. A Fenaj — Federação Nacional dos Jornalistas —, um aparelho petista, até agora não disse nada sobre esse tipo de prática “profissional” (profissão antiqüíssima...), Preferiu assinar um manifesto de “entidades” contra o... golpismo!!!

Vai ter muita canelada. No horário eleitoral deste sábado, Lula acusou o descontrole da segurança pública em São Paulo. É bom o neopetista Cláudio Lembro botar as bastas sobrancelhas de molho. O PCC, por exemplo, acompanha com muito interesse cada lance da política. Marcola já revelou o horror que tem de tucanos. É verdade que uma onda de ataques agora poderia ser outro... tiro no pé!!! Mas temos boa razões para desconfiar dos chamados setores de Inteligência, não é mesmo?

Há desespero no petismo. A exemplo de quando estavam acuados pelo mensalão, já começam a jogar errado. Tarso Genro fez um violento discurso contra a imprensa e a Dona Zelite; o próprio Lula acusou golpismo; o partido soltou um verdadeiro manifesto contra a mídia (ver abaixo). Tudo sinal de descontrole. Estavam tão certos da vitória, que não viram mal nenhum em tentar o golpe final contra a oposição. O resultado está aí. O PT não aceita perder pacificamente. O PT não aceita perder.

É bom observar: perdidas, para os petistas, as coisas estão de qualquer jeito. Se Lula for reeleito (toc, toc, toc), seu governo assina desde já um contrato com a crise. Se Alckmin vencer, que se prepare para enfrentar a baderna e a sabotagem. Aquele senhor que era diretor do Banco do Brasil e se meteu na fajutice, o tal Expedito, não é um, mas uma legião. “Eles” estão incrustados na máquina do Estado, tanto na administração direta como nas estatais. Derrotado o petismo, a etapa imediatamente posterior é proceder, de fato, a uma caça às bruxas. Não as bruxas que celebram a lua cheia, mas aquelas que sabotam a democracia e o Estado de Direito, usando a máquina oficial para violar direitos constitucionais dos cidadãos.

Márcio Thomaz Bastos é um bom exemplo de que como se pode ser seletivo na aplicação de uma lei. Será que, até a realização de um eventual segundo turno, ele já terá divulgado os nomes dos correntistas de cujas contas saiu a dinheirama que pagaria a sujeira petista?

Eles ainda estão na frente. E já estão descontrolados.

3 comentários:

Cris disse...

Gente,

Vi na RBS (ou na Record? nem sei mais.) que amanhã haverá greve dos bancos. A coisa é nacional. O motivo? Uma toupeirice qualquer, deve ser mais prá bagunçar que outra coisa. Enfim. Parece que nem cxs eletronicos vão funcionar.
Portanto...quem tiver que ir ao banco, vááááá logo!

recasampa disse...

Grupo distribui 50 mil narizes de palhaço para eleições em SP (está no site do UOL)

www.rirparanaochorar.com.br

Anônimo disse...

Só agora?
Se usarem na campanha é para tentar salvar o Lula!

CGU demite ex-diretor dos Correios ligado ao PT


O ministro da Controladoria Geral da União(CGU), Jorge Hage, assinou portaria demitindo hoje dos quadros dos Correios, o servidor Eduardo Medeiros. Medeiros era diretor de Tecnologia dos Correios quando estourou o escândalo envolvendo o funcionário Maurício Marinho recebendo R$ 3 mil. Depois do episódio foi instalada uma CPMI no Congresso Nacional e a partir daí, as crises não pararam de aparecer no Governo Lula: mensalão, caseirogate e por fim dossiêgate. A demissão de Eduardo Medeiros pelo ministro da CGU Jorge Hage é um esforço do Governo Lula de provar que coíbe corrupção e pune quem as comete.

quidnovi
CK