Pesquisar este blog

quarta-feira, 11 de outubro de 2006

Como coibir isto,TSE?

PT adota discurso do medo


Ao mesmo tempo em que revelou uma atitude agressiva de Geraldo Alckmin, o debate de domingo na TV Bandeirantes acentuou a nova tática do PT na reta final da campanha: repetir com insistência a acusação de que, se for eleito, o candidato tucano vai acabar com o Bolsa Família e privatizar todas as empresas estatais, entre as quais a Petrobras, a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil.

O que até domingo o PT brandia como uma ameaça, em caso de vitória do PSDB, se transformou em mantra, insinuado pelo presidente-candidato Lula em todas as suas recentes manifestações e dito às claras por integrantes de seu comando de campanha.

Com isto, os petistas entendem que podem neutralizar a agressividade de Alckmin, que seria obrigado a adotar posição defensiva, ao mesmo tempo em que desloca do foco da campanha as cobranças sobre corrupção e, mais especificamente, sobre o dossiê forjado contra os tucanos.

Lula repete, assim, o tipo de artimanha de que acusou o governador eleito de São Paulo, o também tucano José Serra, na campanha de 2002, quando a atriz Regina Duarte declarou, na propaganda eleitoral gratuita do PSDB, diante da possibilidade de uma vitória petista: ''Eu tenho medo''

Um comentário:

Cris disse...

Kozel,

É melhor nos unirmos e protestarmos em alto e bom som. Já o fiz, mas creio que deve ser feito massivamente. mande email para:marcoaurelio@stf.gov.br
É preciso reagir.