Pesquisar este blog

quinta-feira, 4 de outubro de 2007

Senado caminha para o fim

Os senadores Pedro Simon (PMDB-RS) e Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) foram expulsos da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado pelo líder do PMDB, Valdir Raupp (RO). Os dois, que são da ala independente do partido, serão substituídos por Almeida Lima (SE) e Paulo Duque (RJ), aliados do presidente do Senado, Renan Calheiros (AL).


Vasconcelos atribui a atitude diretamente a Calheiros e diz que o seu partido passou dos limites. "Estou em uma luta que já pressentia. O real PMDB somos nós, estava preparado para o pior. Não posso me surpreender, passaram dos limites", afirmou.

Pedro Simon também se mostrou indignado com a sua expulsão. "A ditadura não conseguiu me cassar, agora me acontece isso", disse.

Já o presidente da CCJ, senador Marco Maciel (Democratas-PE), disse estar surpreso com a manobra e que, em sua opinião, o procedimento não está em harmonia com a Casa. "Fiquei surpreso com a decisão do líder do PMDB de afastar os ilustres e operosos senadores. Minha estranheza é tanto maior quando se sabe que tal procedimento não está em harmonia com as tradições da Casa, caracterizada pelo respeito com as opinião dos parlamentares", afirmou.

O requerimento de destituição dos senadores foi lido em Plenário em nome do líder Raupp. Na semana passada, um grupo de peemedebistas apelidados como rebelados ajudaram a derrubar a medida provisória que criou a Secretaria de Planejamento a Longo Prazo.

Parece que a casa trabalha pela auto-extinção com bombas como essa.

O Brasil acabou,mesmo!

4 comentários:

Stella disse...

pergunta: porque os dois não saem do partido e fazem o maior estardalhaço na mídia?

Anônimo disse...

ZEPOVO

Já falei antes, o limite da paciência do povo está chegando ao fim, se os Senadores não limparem a casa logo e recuperarem a moral, logo não terão mais casa para limpar.

Anônimo disse...

ZEPOVO
É preciso que Senadores como Pedro Simom e Jarbas Vasconcelos, tenham a mesma coragem e garra do safado Renan.
Não basta ficar indgnado, tem que peitar os safados como Renan, o maior deles fez.
Porque os honestos tem que ser mansos....

Anônimo disse...

Não senhor, o 'povo' coisa nenhuma, para bom entendedor o que salta aos olhos é o espetáculo de fisiologismo explícito entre o PT e a banda podre do PMDB ! É disto que o 'povo' deveria estar farto!
Enquanto derem o que o PMDB pede, o PMDB dá o suporte do qual o PT precisa para arruinar o país. E é só!