Pesquisar este blog

quinta-feira, 22 de novembro de 2007

O Congresso,chamado por Chávez de 'papagaio' aprova a entrada do país do ditador no mercosul

Depois de ofender o CONGRESSO por duas vezes ,deputados da ccj na câmara aprovaram a entrada da Venezuela no mercosul,vamos ver a reação do senado.....

Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara aprovou nesta quarta-feira, por 44 votos a 17, a entrada da Venezuela no Mercosul. A proposta segue agora para votação em plenário. Embora DEM e PSDB tenham se posicionado contra, o governo conseguiu votos suficientes para aprovar o parecer do relator da projeto, deputado Paulo Maluf (PP-SP), favorável à entrada do país de Hugo Chávez no bloco.

A vitória só foi conseguida após a negociação entre governo e PMDB para a distribuição de cargos na Petrobras. O partido ameaçou apresentar um requerimento de adiamento da votação para forçar o governo a indicar Paulo Roberto Costa para a diretoria de exploração da Petrobras. "O parecer vai ser votado hoje. Vamos aprovar. É necessário separar o discurso da pessoa física do presidente Chávez da relação do Brasil com a Venezuela, que é um dos nossos principais parceiros comerciais", disse o líder do governo na Casa, José Múcio Monteiro (PTB-PE), depois de pedir a cada deputado apoio à aprovação do texto.

A adesão do país já havia sido aprovada pela Comissão de Relações Exteriores da Câmara em outubro. O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, é favorável ao projeto. "Estamos confiantes de que a entrada da Venezuela no Mercosul será boa econômica e politicamente, pela estabilidade que produzirá na região. Será boa para o Mercosul, porque teremos uma vértebra maior para a integração de toda América do Sul. Será boa para a Venezuela, porque o convívio com as democracias do Mercosul ajudará consolidar ainda mais o esforço democrático da Venezuela", afirmou.

4 comentários:

Stella disse...

e o escambo continua rolonado solto, enquanto isso o país vai sendo mergulhado na .....

ZEPOVO disse...

A Venezuela é importante para o Mercosul.

A China é um pais comunista, sem democracia, não respeita liberdades e direitos humanos.
No entanto todos querem negociar com a China. Os EUA fingem que não viram e são brandos com a China, mas fazem mil acordos comerciais.
Porque vamos complicar com a Venezuela? Para fortalecer a ALCA???

Malbert de Brasilia disse...

imagine se a China fosse governada por uma junta militar, de direita! Teriamos passeatas nas ruas e boicotes economicos, aqui como na Europa.

Enquanto ao caudillo de Caracas, vale o mesmo discurso: fosse um generalissimo, coberto de medalhas, teria o desprezo de todos. Mas habilmente ele se cobriu de vermelho, falando (e traindo) o coitado do Bolivar, recebendo assim o aplauso da "intelighenzia" esquerdista ao caviar, do primeiro, segundo e terceiro mundo...

tunico disse...

Putsgrila, ZEPOVO! Até o Bush já esqueceu a ALCA! Voce ainda lembra disso?

Mas voltando à vaca fria, o Chaveco xingou o Senado, não a Câmara. E pode ser que a Venezuela seja aceita.O Sarney já se declarou contra.Vai depender do "imbroglio" da CPMF. Se for, eu só quero ver o Chaveco nas reuniões do Mercosul. Vai encher tanto o saco da turma que é capaz até do Lula mandar ele se calar.