Pesquisar este blog

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Assaltante de banco no comando da maior empresa brasileira



Ex- diretor da Petrobras compara Dilma a uma “madrasta”

Ildo Sauer, ex-diretor de Gás e Energia da Petrobras entre 2003 e 2007, diz que “assistiu coisas que não gostaria de ter visto” enquanto participava das reuniões do Conselho de Administração da empresa.

“Às vezes, eu assemelho a Petrobras com aquela Cinderela, a Gata Borralheira, à mercê da madrasta que, às vezes, é mais malvada e, em outras, é menos malvada. E, neste governo, também teve sua madrasta, aliás transfigurada na presença, na figura da presidente do Conselho de Administração”.

“Eu assisti muitas coisas que eu preferia não ter visto em relação à Petrobras”, revelou Sauer, sem entrar em detalhes e sem citar o nome da Ministra Dilma Rousseff.

Ex-ministra de Minas e Energia, a atual chefe da Casa Civil comanda o Conselho de Administração da empresa com mão-de-ferro.

As revelações do ex-diretor foram feitas ontem, no programa Entre Aspas, da GloboNews, durante o debate que reuniu também o senador Álvaro Dias, membro da CPI da Petrobras, e o ex-presidente da empresa Joel Rennó.

2 comentários:

Gusta disse...

Ajude-nos a divulgar a petição online "Fora Sarney".

Endereço da petição:http://www.petitiononline.com/gosarney/petition.html

Obrigada.

Grupo Política e Atualidade disse...

Vamos trocar link´s

aguardo retorno

http://politicaeatualidade.blogspot.com/